10.21.2013

Estrada + terra

Depois de um jejum no fds passado, o apetite por pedalar era bastante. Como a meteorologia não estava de feição, sábado deixei os trilhos da serra a secar e fui para a estrada. Uma volta com cerca de 90-95Km (há muito que não uso conta-Km) e 3 subidas à Serra num dia que afinal esteve agradável foi desgastante. Principalmente porque o unico reforço alimentar foi uma queijada :-). Mas o "gás" que ainda resta do Sudoex lá deu para fazer tudo e de tarde ainda ir puxar corda pelo Jardim Botânico! Domingo fui sujar a Titus e confirmar que a suspensão e amortecedor voltaram em condições da revisão. É um facto! Estava tudo funcional e a voltinha liderada por Mr ZL, mesmo sendo curta, soube bem. Especialmente porque deu para experimentar uns single-tracks que ainda não conhecia (imagine-se...!) e a estratégia de ir só para os trilhos no domingo compensou (excelente piso). A Titus pareceu contente de voltar ao seu habitar e correspondeu da melhor forma. Quanto à novidade do Kashima, sinceramente não posso dizer que tenha sentido algum ganho ou perca de performance. O melhor mesmo é dar mais umas voltas... :-))

10.12.2013

Registo de manutenção - revisão de amortecedor e suspensão

Há 2 anos que nem amortecedor nem suspensão eram revistos. Aproveitando a "pausa" pós-sudoex e estimando um tempo sem pedalar, foram os 2. O serviço acabou por ser ultra-rápido e ontem à noite já estava tudo montado, pronto para uma volta que até só acontecerá na próxima semana. Mas é sempre de elogiar quando um serviço (bicimax) é célere. Chato foi eles devolverem-me o amortecedor com icterícia!! :-) Uns golpes na bainha e vai de trocá-la por uma "Kashima coating" e casquilho novo incluído. Os rolamentos amachete ficam agora para reserva. De aspecto, a Talas continua como era, esperemos que funcionalmente esteja mais suave. Como a carteira.... :-(

Registo de manutenção - pastilhas travão trás

Substituição por pastilhas Hope

10.07.2013

Sudoex 2013 - Alive but not kicking!

Sobrevivi ao evento apesar de bem massacrado (felizmente a cadeira no gabinete é almofadada...). Confirmaram-se as minhas expectativas. Prova ultra-dura com percurso desenhado mais para desgastar do que para saborear. Um fim-de-semana magnífico no que diz respeito à meteorologia, bom convívio mas muitas horas a pedalar sózinho. A Titus era novamente a unica "all-moutain" num reino de 29ers e rígidas. E novamente se portou lindamente sem problemas. Andei com a Talas sempre a 100m e pela primeira experimentei-lhe a configuração 4polegadas à rectaguarda. Não obstante, no dia 1, cheguei ao Km120 já com o dia a findar-se, tal como a força nas pernas e preferi não arriscar mais (tinha decidido que me ia também divertir, não apenas participar). Guardei algumas energias para o dia 2 e valeu a pena. Outra bicicleta talvez me permitisse ter feito mais mas há um prazer redobrado em tê-lo feito na Titus; é definitivamente uma bicicleta ultra-versátil. Confirmo que dificilmente farei alguma vez mais passeios superiores a 100-110Km/dia e acumulados superiores a 2Km; simplesmente não consigo retirar o outro gozo, o das paragens, de uma bifana a meio caminho, de uma pausa para apreciar a paisagem, de pedalar com os amigos (apesar de tudo ainda agradeço a Mr A ter-me convencido a ir! E a Mr RF, grande parceiro deste fds).
Creio que este foi um ponto de inflexão! Um sinal dos tempos ou de juízo....who knows!

PS - mais fotos na página/face da organização (Trilhos vivos)