8.30.2013

E ontem na Biscaia (Guincho)...

...mais um incêndio desafiando as leis da probabilidade. Deve ser toda aquela aragem marítima que faz deflagar o mato...

Calções ONDA

Continuando a dar prioridade a marcas nacionais no que diz respeito a vestuário, adicionei ao roupeiro uns calções ONDA, modelo Alentejo (acho...) que o par de Cofides-Geodésicos estão a dar as últimas. Claro que a estreia deverá ocorrer só daqui a bastante tempo, já me conheço...

Registo de manutenção - Punhos ESI

Ao fim de cerca de ano e meio, já completamente desfeitos e deformados, eis que os antigos punhos ESI racer's edge são substituídos por uns outros ESI. Desta feita vou experimentar a versão chunky, ligeiramente mais espessos na zona palmar. A razão da troca não tem a ver com queixas aos anteriores, apenas com uma disponibilidade da cor.

8.28.2013

Pedras, costas e suspensões totais

No fds transacto surgiu a ideia (concretizada) de utilizar uma volta como pretexto para uma escapadinha de 2 dias. Em tempos mais desafogados isto passaria invariavelmente por uma deslocação a destinos menos usuais. Assim, optou-se pela pernoita na residência oficial de férias da família (bonito, não é? :-) e uma volta nos trilhos e pedras do PNSAC. Mr LD levou a sua Airborne para voar baixinho mas isto de voar é para quem tem asas (ou uma Titus...), não para quem vértebras afanadas. Ficou portanto provado, caso restassem dúvidas, que acima dos 40 (anos e Kms), o melhor mesmo é uma suspensão total!! De qualquer forma, completámos o percurso, uns clamando por massagens, outros nem tanto :-), sem quedas, sem problemas mecânicos e apenas com os braços (inevitavelmente) arranhados. Precisamos de mais uns fds destes....

8.26.2013

Recuperação - pernas e trilhos

Prossegue a bom ritmo a recuperação de (alguma) da forma perdida embora ainda sinta os músculos das pernas um pouco presos quando faço mais Kms. No entanto não tenho tido caimbras nem outras dores. Por vezes sinto-me é um pouco farto dos percursos já bem conhecidos e batidos. Talvez por isso, sábado de manhã dediquei-o, não a pedalar, mas a recuperar 2 antigos trilhos que, por força das circunstâncias, tem sido abandonados (há quem prefira andar sempre a fazer novo em vez de cuidar do que já existe, com as consequências que são ou deviam ser fáceis de imaginar....). Deu trabalho? Sim, deu mas ficaram fixes e bons para o All-Mountain. Estou desejoso de os ir testar!

8.21.2013

92,5 x 2

Para alternar as visitas à serra com um treino mais a sério, ontem ao final do dia fiz um percurso de estrada com cerca de 92,5Km passando por Guincho, Ericeira e Mafra com término próximo da V Pinheiro. Terminei às 20h40 e 12h depois fiz o percurso inverso para testar a forma e as pernas. O regresso foi mais rápido mas estava mais fresco e o percurso é mais de feição. Mesmo assim, foi um treino a deixar alguma confiança nas capacidades das pernas. E como 2f houve serra, amanhã é dia de descanso do pedal.

8.15.2013

Registo de Manutenção - mudança de pneu(s)

Captain UST 2.0 traseiro substituído por um idêntico. Captain 2Bliss 2.0 frontal substituído por um idêntico. A primeira volta com os novos foi na zona da Malveira em piso bem escorregadio (que o diga Mr ZL que foi logo ao tapete nos Kms iniciais!) e realmente, que diferença para os bem usados e muito gastos que os precederam.

8.13.2013

Férias.....(?)

Este ano férias e pedalar tem sido duas coisas não facilmente conciliáveis. Seja por um maior afazer profissional, seja pelas oportunidades cíclisticas, a coisa tem estado fraca. Fui ver o arquivo de Agosto do ano passado e a dia 2 do mês já eu escrevia: "Finalmente uns dias de férias! Hoje foi o primeiro passeio das ditas, trocando o habitual PNSC pelo PNSAC (Serra d'Aire e Candeeiros). Troquei o pó, os estradões e as descidas escabrosas pelos single-tracks, os trilhos de pedras e a carqueja a verdascar os braços! Algumas horas depois ainda tinha os braços a arder de tanto "estímulo". Mas fora isso, foi um bom começo. E bem que estava a precisar de um descanso deste!" Este ano posso escrever o mesmo mas já quase a meio do mês. E como tornar a missiva mais actual? Só dizendo que o hiato leva a forma e trouxe as caimbras. Agora veremos se nas próximas semanas dá para recuperar que não tarda nada vem aí mais desafios.