10.30.2012

Curva dos Pinheiros 2

Marginal, domingo, 19h, sem bike. Spot the differences!

Monsanto

Monsanto, domingo, 6h15, o frio e o vento tremeram a foto :-(

Curva dos Pinheiros 1

Marginal, domingo, 5h30 (hora nova), volta-treino de bike. Insónia? Loucura? Stress a sair? Ou um pouco de tudo?

10.22.2012

Festibike

O final de sábado foi passado em Santarém no festibike. Continuo a não ser um apreciador destes certames mas considerando a possibilidade de degustar uma boa sandes de presunto com queijo da gardunha...a coisa marcha bem :-).
Fruto de todas as conjecturas, a coisa estava a modos que para o fraco. Há muito pouco para inovar e acho que podia agarrar no texto do anterior e copiá-lo para aqui. O carbono vai ganhando terreno e qualidade e isso permite umas variações estéticas mais ou menos agradáveis.
No campo das eléctricas ainda imperam os mastodontes e por isso tive a esperança de ver uma Turbo na Specialized. Mas não, havia umas campeãs olímpicas (a epic com uma transmissão 1-11 :-)) e uma Demo que até dá vontade de ir fazer DH.
Gostei de ver a barraquita da Cube :-)) mas pouco mais chamou verdadeiramente a atenção.
A nível de componentes, também não havia muito a ver. Fez-se um bikesprint, deu-se uma volta numa fixie e pronto, para o ano (talvez) haja mais.

Sintra pós-chuva

Sábado de manhã e até meio da tarde foi para me esfalfar em Sintra. Depois das chuvadas da semana, Sintra devia ser dos poucos locais em boas condições e como não comecei cedo, apanhei todos os trilhos em boas condições de aderência e quase sem lama. Deu muito jeito, não apenas para não me sujar mas também para não degradar material por aí além (e não abusar da aderência do captain frontal que está com o rasto bem gasto).
O esfalfar tem a ver com um período actual em que os treinos/voltas de semana são uma miragem e por isso é ao sábado que ocorre a coça toda! Um valente acumulado de subidas, outro tanto de descidas e alguma manutenção (num dos trilhos em particular, houve uns idiotas que se entreteram a colocar troncos velhos de acácias a impedir a passagem) completaram uma excelente volta em que as capacidades da Titus continuam notáveis. Tanto mais relevante quanto o fim de dia se desenrolou em visita à feira de Santarém...

10.11.2012

Red Bull Rampage




Eu só não participo nisto porque fica longe de casa......!!
(vejam um pouco do video que vale a pena)

Perspetógrafo


 
Muito giro, vale a pena ir ver as fotos-sombra de Gonçalo Valente (vi hoje isto no Público)

10.08.2012

Palmela (long time no ride)






 
Há muito tempo que não nos juntávamos e mais ainda que não íamos à zona de palmela juntos. Este feriado celebrámos a republica e o bom tempo com uma incursão de 60 Kms por trilhos emblemáticos do nosso historial e foi bem fixe; o tempo, a volta, os caminhos, a companhia. Zonas rápidas, paisagens bonitas, single-tracks, subidas acentuadas e descidas escabrosas, houve de tudo. Mas não era volta para os menos preparados e também lá ficaram uns regurgitados à beira-caminho de quem teve o estômago fraco para a estirada e acabou a sofrer (Mr R, para a próxima é favor não abusar do leitão na noite anterior pois já sabe que é para levar coça! :-). Pior, foi que também ficou na beira desses caminhos alguma pele e sangue de Mr G que calculou mal um gesto de boa vontade (lição: não tentes empurrar alguém subida acima quando esse alguém está quase parado mas tu vais embalado! a intenção é boa mas és tu que acabas no chão :-).
 
 

Sintra (pós-chuva e com Talas a bombar)

Após a chuva escassa da outra semana, já fiz o gosto aos dedos, pés, braços, etc e fui sondar os trilhos de Sintra com um pouco mais de consistência nos solos. E depois da pancada que levou na sessão de "saltos" (a que se somou um retirar completo do ar da câmara e reintrodução de 75 psi), a Talas parece que ganhou nova elasticidade e agora é senti-la a pular exactamente para onde eu quero colocar a roda. Maravilha! Tudo somado, deu por isso uns cansativos mas óptimos Kms pela serra.
As sessões de limpeza e manutenção durante o verão também parecem ter dado frutos e consegui pedalar com um reduzido número de intervenções (um ou outro tronco caído, uma ou outra silva). Não que alguns não clamem já por alguns cuidados mas para já, é tempo também de apreciar. E falando em manutenções, regista-se também com (muito) agrado as limpezas feitas pela malta amiga nas torgas e sta eufémia. Perspectiva-se um bom outono :-)