12.30.2011

Último do ano

O ano não podia terminar sem mais uma volta em Sintra, desta feita com um tempo espectacular e um piso fabuloso. A memória tende a não ser precisa nestes casos porque uma boa sensação como que se sobrepõe à anterior. Mas não me recordo de ter apanhado um piso tão bom há muito muito tempo. Hoje foi daqueles dias que não importava onde se colocava a roda, o pneu agarrava! Claro que isso possibilitou uma volta espectacular recheada de descidas técnicas. E ainda deu para fazer umas manutenções em 2 ou 3 trilhos! Se o próximo ano for como este, nesse campo vai ser supimpa. No resto....veremos :-))
Abraços a todos e até 2012

12.20.2011

Domingo - Por uma causa solidária

Untitled from Rui Malho on Vimeo.


E se no sábado o passeio foi a solo, no domingo a volta foi solidária e com muita, muita Kumpania. Foi o passeio da bicicleta solidária que juntou pessoas e bikes de todos os géneros com o propósito de angariar alimentos para os mais carenciados. Um Mega-sucesso a todos os niveis :-))

PS - o video é uma compilação de fotos de participantes neste passeio; se porventura aparece e não o deseja, contacte-me que de imediato removerei a foto em questão

12.19.2011

Ainda estamos longe :-))

Loucos varridos


Isto já não é ter coragem ou técnica, é preciso ser completamente louco. Uns bons candidatos aos "Darwin Awards"!

Sábado - Remunerado mas com orgulho ferido

Este sábado deu para fazer mais uma passeata em Sintra e "vistoria" aos trilhos. O serrote nem saiu do Camelbak e desta vez a sessão de manutenção até foi remunerada (achei uma nota de 5 euritos :-)). Lá fui eu contente da vida pensando que pelo menos já tinha dado para a deslocação mas menos contente porque o piso estava bem húmido e a inspirar cautelas. Eis senão quando, numa zona com mais raízes, a roda frontal resolve escapar ao que se seguiu o inevitável encosto corporal ao chão. Não houve mazelas físicas ou materiais a registar mas como à frente seguia um pequeno grupo menos afoito (todos à mão!) lá ficou o orgulho com um bom arranhão. E à pergunta "estás bem?" (porque raio é que nunca ninguém se lembra de perguntar outra coisa??), lá pronunciei um "sim, isto não foi nada" com um sorriso/esgar nos lábios como quem agradece a preocupação mas na realidade pensa "e vocês não podiam ter passado aqui há 2 minutos e não ter visto isto!!". Claro está que o resto da volta foi marcado por sucessivas hesitações e cautelas desmesuradas não fosse haver outra queda e, pior, estar alguém a ver :-)

12.15.2011

Da Alemanha (sem Merkel)

Zugspitze-X from Big Col on Vimeo.


Para variar a "trend" actual, um video vindo da Alemanha mas que não fala em política nem em ratings. Mais um de "Big Col" (enviado por Mr G) daqueles que me deixam com inveja e água na boca!

12.13.2011

Punhos ESI (II)

Depois de um passeio bastante duro e técnico, os ditos punhos ESI convenceram-me. Total ausência de dores ou incómodos pese embora nunca se ter aquela sensação de "conforto macio" proporcionada pelos Ritchey WCS. Em contrapartida, esteve sempre presente a sensação de o guiador ser uma extensão dos braços. Aprovados!

12.10.2011

Feriado na Serra d'Aire












Este feriado houve lugar a mais um passeio épico pela Serra de Aire com alguns trilhos novos (e alucinantes!), muita pedra, muita subida, muita descida, bifanas e rissois de leitão, bom convívio, muito divertimento. Mr A estava louco a descer obrigando-me a persegui-lo para não ficar mal visto e os restantes amigos (que até nem gostavam de trilhos com pedra…. :-) lá tiveram que se desenrascar para vir no nosso encalço. Mas ninguém caiu, nada do "nosso" material se estragou e portanto foi uma jornada em cheio. Até o tempo na serra esteve óptimo! O desenho deste novo percurso que fiz ficou 5 estrelas e arrisca-se a tornar-se num dos “obrigatórios” do ano. As fotos não fazem inteira justiça mas dão uma ideia. Aos que não foram por falta de forma ou tempo: já estão com água na boca? :-)))

12.07.2011

De volta à Titus

Durante a pausa da Titus dei umas voltas em 2 Stumpjumper FSR modelo de 2010 (ver post anterior) e de 2009, esta última tamanho L. Por isso estava um pouco curioso sobre como iria achar a Motolite depois desta dupla experiência. Em primeiro lugar, é claro que o tamanho L não é o indicado para mim. Andar por trilhos conhecidos com uma boa bike facilitou imenso mas o retorno à dimensão certa deu logo mais prazer. Outra diferença notória foi a nível de guiador. Ambas as Stump tinham montado guiadores de maiores dimensões e ângulos mas menos altura que o meu Answer Protaper. Isto somado dá à Motolite uma postura mais compacta e óptima nos trilhos mais técnicos. Depois há o efeito psicológico (é a minha linda bike :-) e a habituação (já são 5 anos!) pelo que não houve nenhum desejo forte de troca. Mas também não vou ser tão parcial que não afirme que numa ou outra ocasião não me tenha recordado das Stump (e.g. conforto, potência de travagem, leveza nas subidas).

12.05.2011

Punhos ESI


Este sábado foi o regresso à Titus, agora com casquilhos novos e ausência de folgas no triângulo traseiro graças a Mr G (obrigado mais uma vez :-)). Da volta em si falarei mais tarde, agora é só para comentar a estreia dos punhos ESI em silicone, também uma sugestão de Mr G. Os Ritchey WCS ainda estavam bons mas foram para a Diamond Back que, para andar na estrada, estava bem necessitada de um conforto que uns punhos gastos de borracha já não proporcionavam.
E então, que tal se saíram os ESI? Para já ainda não me convenceram! Não foram fáceis de colocar (sózinho não teria conseguido!) mas parecem aderir ao guiador de forma quase irreversível. A volta de sábado foi longa e misturada com uns cortes de troncos pelo meio pelo que não deu para perceber se as mãos notaram a diferença. Estou aliás ainda com dores nos antebraços graças ao serrote (troncos molhados e verdes....!). Deu para ver que sentimos melhor o guiador mas preciso de mais uma volta longa para poder falar em conforto. Veremos daqui a uns dias após a volta agendada para este feriado!

Registo de manutenção - casquilhos e pivô

Mudança dos casquilhos (2ªvez desde a aquisição) e parafuso do pivô da Titus.