11.30.2009

Audácia, sorte e força


No sábado foi um quinteto até Marvão para voltar a apreciar os magníficos trilhos e paisagens da zona. Com o tempo tão instável, os dias da semana foram de incerteza (sáb? Dom? Chove? Chuvisca? Faz sol?) e só à última se avançou com a quase garantia de que água só a que houvesse no solo. Mas se há coisa que aprendi com Mr A e Mr G relativamente a marvão é que a sorte protege os audazes. E a máxima cumpriu-se plenamente. Um dia lindo de nuvens altas com bastantes abertas permitindo aproveitar bem o verde dos campos. Os trilhos estavam praticamente todos secos e com boa aderência embora eu tivesse começado com os pneus demasiado cheios. Cumpriu-se o planeado com 2 fortes subidas lá acima a marvão e uma chegada já ao cair do dia. Numa das primeiras trialeiras entrei demasiado devagar e a bicha virou-se. Nada de mais, repetiu-se e pronto; mas foi o suficiente para cortar algum ímpeto em situações semelhantes o que me danou. Mas mau mesmo foi ter verificado que “A” trialeira de eleição do percurso está parcialmente destruída, provavelmente para alargar o caminho. Enfim, diz-se que é o progresso, eu nestes casos tenho sérias dúvidas. Mesmo assim, continua a ser uma volta fabulosa. E como houve uns que não puderam ir, agora temos já a desculpa perfeita para lá voltar :-)


11.23.2009

E o burro é quem?


Ontem a volta tinha de ser curta e as chuvas dos dias anteriores não davam muitas hipóteses. Por isso lá rumámos a Sintra tentando inovar aqui e além para não fartar. Curiosamente esse parece ser o risco menor; não sei quantos anos volvidos e pedalar continua a ser um prazer! Depois de uns trilhos habituais encontrámos uns quantos “milicianos” (mr VG, venham de lá essas fotos) e a sugestão de ir ali por um caminho novo, não muito adequado às nossas bikes. Confesso que eu ontem até não estava muito afoito mas perante a insistência de Mr A e o brilho nos olhos de mr LD, lá fomos explorar. E valeu mesmo a pena! Uns quantos troços a precisarem de habituação e piso seco, umas 2 zonas pouco acessíveis às nossa bikes mas fora isso (e umas andorinhadelas minhas...), um espectáculo. Se não tivessemos ido merecíamos o nome do bicho que dão nome ao trilho!

11.17.2009

Relato do fds

Este fds só houve 2 rodas motorizadas por força de uns dias fora para celebrar aniversário de familiar. Esse relato fica para o blog-irmão, aqui só vou registar como soube bem os Kms efectuados para lá e para cá. Para lá, muito feito de noite e para cá uns quantos debaixo de chuva intensa. Surpreendentemente, souberam muito bem uns e outros. Especialmente os debaixo de chuva que foram um óptimo treino e um espanta medos para situações futuras. Com a roupa impermeável cheguei a casa completamente seco e ontem já vim de mota sem qualquer problema ou receio. Hoje na marginal até houve um colega que se desviou para me deixar ir mais depressa por entre o trânsito!
Olhando agora para trás acho que tirei a carta na altura certa; comecei a “treinar” quando o trânsito era menor, apanhei bastante vento mas piso quase sempre seco. Tenho é de me recordar constantemente que não comprei a bicha por questões de performance e por isso, em dúvida, anda-se mais devagar. Porque o que importa é chegar :-)

11.12.2009

Chove chuva


As previsões para o fds não são animadoras :-( . Eu, mesmo ateu, vou fazer como a musica sendo que o meu “amor” para 6f-domingo é a estrada de Lx para Beja e arredores. A ver se me escapo :-)

11.09.2009

Rezingão e Soneca

Tivemos tanto tempo consecutivo de bom...tempo (!) que agora à mínima contrariedade refilamos. Este fds deu-me vontade de ficar a dormir. Ou voltar a dormir. Ou até mesmo tentar dormir. E deu-me vontade de refilar com o raio da chuva que enlameou os trilhos e me causou chupões e atravessadelas. E com este "inverno que nunca mais acaba". Mal habituado? Talvez. Mas é que é fácil habituarmo-nos ao que é bom e sabe bem :-)

11.05.2009

Sedução




Tou com saudades daqueles trilhos que se vislumbram ao fundo na foto!! A sedução é forte e antes do final do ano tenho de lá ir. Ouviram cambada? :-)

11.04.2009

Obrigatório assinar!

Na sequência de alguns posts que já aqui tinha deixado, eis o corolário das ditas "limpezas" de alguns trilhos.
Sim, há quem abuse mas castiguem-se os prevaricadores, não os que fazem da serra um local de prazer, de descompressão, de convívio com a natureza.

Destinatário: Ministério do Ambiente ICNB
Contra a Interdição definitiva da prática de BTT, variante Freeride no Parque Natural Sintra Cascais
Eu abaixo assinado, venho protestar contra a interdição definitiva da prática de Bicicleta-todo-o-terreno, variante de Freeride nas pistas consagradas na Carta de Desporto de Natureza do Parque Natural Sintra Cascais, aprovado pela portaria n.º 53/2008, de 18 de Janeiro, nos percursos e locais do Parque Natural Sintra Cascais constantes do n.º 2 da Lista IV anexa ao referido regulamento, discriminados por: Malveira Verde; Malveira Azul; Malveira Vermelha. Publicada em Edital do Instituto da Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) em 8 de Julho de 2009. Serve este abaixo-assinado para solicitar as autoridades competentes o restabelecer da prática legal do BTT, na variante de FreeRide, nas pistas acima referidas.


http://www.peticao.com.pt/freeride

11.02.2009

Muito à frente!


Ouvi e descobri muita musica com ele. Adormeci tantas vezes com o "som da frente". É um cliché mas que se lixe, para mim a rádio sem aquela voz não vai ser a mesma. Obrigado António!

Tróia-Sagres









Muito resumido que os comentários mais demorados ficam para depois:
- partimos 5 às 8h30 e chegámos 5 às 17h50. Aí as expectativas foram superadas (*)
- a média andou na casa dos 28 Km/h. Sem problemas mecânicos e com 4 paragens mais demoradas (**)
- um tempo fabuloso, apenas com algum nevoeiro ao inicio, mp3, sol, mar, serra. Muito bom! (***)
- um final ainda a abrir (> 50 Km/h) um jantar excelente e um regresso meio a dormir. (****)
- a companhia foi daquela que os amigos proporcionam. (*****)
E mais um desafio conquistado! (******)

(*) Quer no tempo que demorámos, quer no facto de termos chegado todos ao final; Mr NP estava com dúvidas se aguentaria mas dores a sério só tivemos todos na zona de contacto com o selim (e bendito o inventor do Bepanthene!!!)
(**) Leia-se: com pão com chouriço, bolinhos, batata frita, coca-cola, etc, etc.
(***) No último dia de Outubro uma temperatura daquelas é incrível.
(****) Aquela velocidade foi apenas nos últimos 8 Km do percurso mas caramba, foi a mais de 50!!
(*****) Para os que não percebem logo: foi óptima!!
(******) Gostei, já posso dizer que fiz, mas não fiquei fã a ponto de querer voltar a fazer.