6.29.2009

Novo Ciclo - Parte I


Não é uma substituição, é uma adição! Desejem-me sorte :-)

6.15.2009

24h de BTT (Monsanto)


Ainda em registo de novos desafios, este sábado e domingo fiz as 24h de Monsanto (*). A “solo”, 12 voltas e zero problemas. Tive de improvisar um bocado na logística porque tinha estado uns dias fora mas entre geis, algumas barras, fruta, o disponibilizado pela organização e o apoio dos amigos lá cheguei ao fim sem empeno significativo. Mas fraco e desprovido de energia. O percurso estava engraçado e (para mim) não era nada dificil, até porque usava trilhos já bem conhecidos dos frequentadores de Monsanto. Mas compreende-se que numa prova que pretende ser versátil, divertida e muito concorrida, não se possa ir muito mais longe em dificuldade. Nesse aspecto a organização está de parabéns; o percurso não foi apenas desenhado, foi pensado!
De forma alguma fiquei fâ deste tipo de coisas; o andar em circuito, o espírito de competição, fadigas extremas, etc. Mas foi uma experiência positiva. Valeu pelo convívio com os amigos, pelo acampar no parque da minha infância, pela determinação em cumprir porque se eu conseguisse, hoje tudo vai correr bem. E hoje tudo vai correr bem!

(*) Rescaldo e fotos diversas: http://www.forumbtt.net/index.php/topic,59869.0.html
(a foto é retirada da página do Clube Super Radical, um dos locais onde podem ver muitos fotos da prova)

6.13.2009

24 menos quantas ??

Bem, parece que daqui a 4 horitas começamos as 24h de Monsanto. Veremos como corre mais esta aventura. A inscrição é a solo mas a participação não é! Cá para mim vamos relaxar mais que pedalar. Amanhã se verá :-)))

6.09.2009

Single(s)


A Titus este fds deu uma volta a solo mas sempre acompanhada por trilhos muito giros. Apesar da chuva de sábado, os solos secos e o vento fizeram com que no domingo praticamente não houvesse lama, apenas uma ou outra pedra mais húmida inspiraram alguma moderação no andamento. Fica a foto só para fazer inveja aos amigos que não puderam ir.

6.08.2009

Travar ou apitar?



Nunca lhe aconteceu ir de carro, de repente alguém se atravessa bruscamente à sua frente e a reacção quase instintiva é travar e buzinar ao azelha em simultâneo? Na bike isso não dá muito jeito porque precisa de manter o polegar no guiador enquanto trava impossibilitando assim o uso de, por exemplo, uma campainha. Mas agora tem uma solução que dispensa até o uso da dita campainha. Basta colocar umas pastilhas de travão XT (*) e cada vez que acciona a manete tem travagem e buzina num só. E então se circular em cima de umas ervas húmidas para manter o rotor molhado, uiii, aquilo é que é debitar decibel!!


(*) compativeis com os meus Hope M4.

6.01.2009

Domingo acelerado


Se aqui há uns tempos me dissessem que eu tinha de fazer aquela nossa volta de Palmela em 3h15 quando habitualmente demoro 1h mais do que isso (se for só...), eu declinaria logo tal evento. Se então isso tivesse de ocorrer num dia quente como ontem eu diria que o calor estaria a afectar o juízo. E no entanto, foi isso mesmo que aconteceu. É o que dá andar com “Georiders”. Bom ritmo, paragens mínimas, ausência de problemas técnicos. E curiosamente não fiquei com a sensação de “grande tareião” como em outras voltas com Mr G e Mr A. Claro que nas subidas optava pelo meu ritmo para chegar ao topo e ser log capaz de dizer “segue!”.
Confirmou-se a excelente impressão do dia anterior relativamente aos sapatos e pedais. E a óptima performance do Captain na roda dianteira; pelo menos em tempo seco é um pneu que dá confiança e que tem uma direccionalidade muito boa.