1.26.2009

Compacto


Isto sim é uma bicicleta compacta :-))

1.23.2009

Carbono por carbono...


Eu continuo a não lhe achar piada (aos quadros em carbono...) mas já que o amigo A_XTR anda a colocar coisas destas no seu blogue, então que veja aqui uma a sério :-))

1.22.2009

Janela


Será que vai dar....?

1.19.2009

He is not here (anymore)



João Aguardela, voz dos Sitiados, uma das minhas bandas preferidas, deixou-nos ontem. Não vejo ninguém para o lugar dele :-(

Rapidez


Afinal tenho de reconhecer que a Intense é mais rápida que a Titus... :-)

I don't like mondays



Hoje não tenho vontade de atirar em ninguém mas acordei a não gostar da 2f. Só me apetecia ficar no vale dos lençois embalado pela Tori Amos.

1.18.2009

FDS parte III – Domingo ou o Espichel amaldiçoado

As previsões da meteo foram vistas e apontavam para um domingo com vento fraco e alguma possibilidade de precipitação apenas para o inicio da tarde. Tudo parecia de feição para uma versão mais longa do clássico passeio no Espichel. Cerca de 65 Km com passagem pela zona sul de Sesimbra, zona das Pedreiras e uns trilhos com uma paisagem deslumbrante. Se a conseguissemos ver claro...! Que desde manhã tombou uma cacimbada monumental que nos foi encharcando, reduzia a visibilidade e tornava cada pedra e raiz uma armadilha em potencial. O frio que começámos a sentir, a perspectiva de muita lama e areia na parte final fizeram-nos encurtar a volta para os 40 Km e o regresso antecipado àquela pastelaria óptima na Cotovia. Do mal o menos mas já é a segunda vez que esta gaita nos acontece naquelas bandas.

FDS parte II – I was not there


E no final de sábado visualização de “I’m not there”. Excelentes interpretações, bom enquadramento das musicas, muita anfetamina e barbitúrico no argumento. Propício a inúmeras interpretações cool-parvas-esotéricas. Provavelmente o objectivo. Será que o Dylan é assim tão desconexo?

FDS parte I – Sábado

Antevendo um passeio longo no domingo, sábado como estava sózinho optei por fazer algo diferente. A ideia era desentorpecer as pernas, queimar umas calorias e fazer um treininho. Não querendo ir para longe, farto de Sintra e com Belas e Monsanto cheios de lama fui antes para...Sintra! Mas com percurso distinto, um daqueles que os amigos não apreciam muito. Rio da Mula, Monge, Colares, Praia das Maçãs, Praia Grande, Adraga, Cabo da Roca, Guincho, volta do Demo. Algures aqui fiz mal as contas e isto afinal até deu um pouco mais do que eu estava à espera. E com o solo pesado como estava mais os areais deste percurso acabou por ser um bom estica pernas.

1.12.2009

Voltas


Este sábado lá me ouvi e até gostei da experiência. Gostei ainda mais do que isso me proporcionou, voltar a sentir coisas boas de forma repetida. Uma das resoluções para 2009 já está cumprida.
No domingo deu ainda para uma volta não muito longa que éramos 7 mas nem todos magníficos. O pessoal parece que ainda não recuperou dos excessos festivos e andam um bocado enferrujados. Ok, estava um frio desgraçado e havia lama mas mesmo assim...vá lá malta, vamos a treinar mais um bocado!
Desta vez não foi a Intense que rivalizou com a Titus mas a Dean de Mr A. que não só está a descer de forma mais audaz como continua a dar cartas nas subidas. Fizemos ali o ST da Sra do Ó com toda a limpeza. E mai’ nada!

1.09.2009

Hora do Bolo


Amanhã à tarde, em vez de pedalar dou bolo e musica a quem a quiser ouvir.

1.06.2009

Sair das Brumas


Um filme fantástico, com uma fotografia notável e uma OST a condizer.

1.04.2009

Satisfatório

Finalmente um passeio sem chuva embora com muita lama. Não foi comprido mas teve um trilho novo bastante louco e isso foi bom. Mais importante, deu para levantar o ânimo. Mr ML conseguiu andar mesmo depois da pancada no joelho. Mr LD também apesar do ombro, do dedo e das queixas constantes sobre a frente da Intense. Mr JL voltou à boa forma e Mr NP não caiu vez nenhuma. Tudo pesado, foi um passeio bastante satisfatório.

Hoje é Time to Pretend



http://www.youtube.com/watch?v=XVnRzEjpUmE

1.02.2009

Primeiro do ano

Ainda não me sinto à altura de fazer ou pelo menos publicar o meu balanço de 2008. Foi seguramente o pior ano da minha vida. De há anos para cá que me interrogava até quando “isto” era a subir (bem entendido não falo apenas da vertente física). E agora creio que foi até 2007. Resta saber como será daqui para a frente. Mas isso é futurologia e também não me interessa falar disso. O primeiro passeio do ano foi metaforicamente a prova de que a minha vida mudou e muito. Hoje fizemos cerca de 60 Km de estrada sob chuva intensa, algo que há meia dúzia de meses eu não acreditaria fazer. A água hoje vinha do chão, do céu, do corpo. Mas precisei do escape. Amanhã é dia de repouso já que a chuva só o dará no domingo. Pode ser que assim pelo menos a roupa seque já que o resto não há hipótese.