8.29.2006

Single-owner

Pois é, tal como já aflorado aqui em posts anteriores voltei a ser um single-owner; a Foxy passou de mão. Foi em óptimo estado e é uma boa máquina que serviu bem. Deu para perceber melhor o tipo de andamento e passeios que gosto, o que procuro e não procuro quando vou andar. A colocação de uns pedais de plataforma foi muito bom porque me permitiu durante estes meses treinar equilibrio sem o receio do pé encaixado. Mas definitivamente, gosto mais de sentir os arranques, a traseira irrequieta do que o conforto dos 150 mm à frente e atrás. A razão primordial da venda acabou por ser o estar a sentir que algo como a Foxy me tirava confiança e reflexos, especialmente nas descidas. Ok, talvez não desça tão rápido (escadas por ex), mas o que ganhava num lado perdia claramente no outro. Agora veremos o que os próximos tempos vão ditar. Ficarei eu moto-loco ??

8.25.2006

Sistemática

Cross-country? All-mountain? Freeride? Downhill? Dual? Dirtjump? Four-cross? Single-speed?
A minha filhota já sistematizou tudo numa única categoria: bicicoleta(*)


(*) versão escrita que mais se aproxima do vocábulo que ela emite

8.21.2006

Regressos


Mais umas férias encerradas. Este ano um pouco mais curtas mas melhores que as do ano passado. Não houve quedas (minhas ou da prole), bastantes Kms a sós mas em trilhos muito divertidos (como o da foto), não houve problemas técnicos e nem o calor foi dramático. Mantiveram-se algumas tradições (pedalar em Porto de Mós, Palmela e Caramulo; fogos a rondar, matas sujas, etc), fizeram-se negócios (para falar em outro post), descansou-se q.b.
Alguns pontos a merecerem destaque:
- Fui ficar uns dias à Póvoa do Lanhoso; por curiosidade, descobri na net um track da zona, muito engraçado, e que passava quase à porta do alojamento escolhido. Não era muito técnico mas permitiu-me ir a locais que de outra forma nunca descobriria. É pouco provável que eles vejam isto mas ao pessoal da Maria da Fonte que o desenhou (www.bttmariadafonte.com), o meu obrigado.
- Viva o Magik Seal. Acho que não houve passeio feito este mês em que o liquido verde não assomasse no pneu de trás. Mas ainda não tive de o remendar uma única vez.
- Não é particularmente agradável pedalar sózinho mas continuo a fazê-lo sem me aborrecer muito. Vou-me entretendo com as paisagens renovadas, os trilhos e o descanso (mental) que proporciona.