5.31.2005

COLETES PIMBAS


Alguém já leu a Portaria n.º 311-D/2005 de 24 de Março ? Consagra a obrigatoriedade de utilização de colete retrorreflector sempre que seja exigida a utilização de triângulo de pré-sinalização de perigo. Curiosamente não diz nada sobre a sua constante exposição no banquinho da frente em substituição da tradicional “mantinha” de bolas massajantes ou da T-shirt Maceió, Brasil. Mas fica a matar ali por baixo da bandeira enroladinha no encosto de cabeça. Esqueçam a Penélope no pára-choques, o CD usado no retrovisor, o sticker porno-cómico no vidro traseiro, o led ondulante “kit, vém mi buscar” na grelha. Isto sim é o tuning de interiores no seu expoente máximo !!!!

5.29.2005

"Lisbon by Night" vs "Cambada de Anormais"


6F à noite foi um percurso diferente. Um Urban ride onde os copos, a música aos berros e as grandes jantaradas foram substituídos por saltos no Camões, escadas na 24 de Julho, single-tracks em Alfama. Entre os trauseuntes as opiniões eram díspares, desde as palmas de incentivos, espectadores atentos, até aos epítetos mais giros a fazerem-nos lembrar tempos em que eramos mais jovens e inconscientes. Destaque para o "cambada de anormais" !! Ahhhh, sair à noite...... :-)))

5.23.2005

NO PAIN, NO GAIN !


Eu gosto de descer. Mas para isso tenho de subir. E isso implica esforço, cansaço, boa forma, às vezes dor e por vezes ficar só nesse esforço (right Mr G ?). Isto pode ser interpretado apenas no sentido literal mas pode ser extrapolado para muitas outras coisas na vida. Cada vez temos mais coisas e tomamo-las "for granted". Contentamo-nos com aquele percurso que tão bem conhecemos mesmo sabendo intimamente que depois daquela subida íngreme vem uma descida alucinante. Este fds comecei a pedalar acompanhado mas acabei sózinho. Some pain, high gain.
E o SLB deu-nos mais uma alegria :-)))

5.20.2005

SUSPENSO


As descidas a tornarem-se mais rápidas, os saltos mais altos, os drops mais profundos começam a fazer surgir a dúvida: estará na hora de uma outra suspensão? E em caso afirmativo, qual ? As de ar são mais leves mas mais caras, as de mola são mais pesadas mas mais progressivas, a Marzochi bloqueia em baixo, a Fox bloqueia em cima, a Marzo tem o ECC, a Fox tem um fácil ajuste de curso. E os 85 mm actuais não chegam ? E agora ?

5.18.2005

EVOLUÇÃO


Desde os primeiros esboços (do Da Vinci, quem mais poderia ser !!!) até ao momento presente as bicicletas evoluiram e muito. E também nós no que fazemos com elas. XC, AXC, Dual, Dirt, Downhill, Freeride, tribos das bikes com os seus costumes, rituais, maneiras de estar. Eu fui guia da BTTour durante bastante tempo. Bons tempos, bons amigos, bons passeios, muita evolução. O que dantes parecia díficil, agora é trivial, o impossível passou a muito difícil e novos impossiveis surgiram. Esta evolução levou-nos (Mr G., Mr A. e Mr P.) a novos caminhos, novos desafios, outros amigos mas este fds foi giro regressar às origens.

5.17.2005

SAL


O sal é cloreto de sódio, NaCl, um composto de côr branca com um ponto de fusão a 801graus e peso molecular de 58,442. É essencial para o nosso organismo, uma reminescência das nossas origens marítimas. Dele deriva a palara “salarium”, utilizada pelos Romanos para descrever a paga aos seus oficiais. Na Grécia antiga os escravos eram pagos em sal e uma das principais causas para fazer estalar a Revolução Francesa foi o imposto de sal que o Rei cobrava aos seus subditos. É também arte e beleza.
O sódio é crucial para a nossa “bomba” principal, a de Na+/K+ e por isso também essencial na iniciação dos sinais dos nervos e acções que levam ao movimento nos músculos. Situações de esforço físico e intensa transpiração podem conduzir a défice de Na+ e de líquidos, a bomba colapsa, os músculos ficam sensíveis, um movimento brusco e contracção involutária e dolorosa – cãibra. Solução: ingerir bebidas com sódio ou um snack salgado antes/durante o exercício. E já lá vão uns meses sem as malditas cãibras..............................

5.16.2005

DESCANSOS

No sábado à tarde, uns quantos Kms trialados, a recuperação não veio na forma de preparados liofilizados, aglomerados proteicos ou complexos vitamínicos. O descanso do corpo e mente surgiu à beira de água, na albufeira. Até o sol ter desaparecido por trás do monte, Van Morrison, o vento, a água e "Os poemas da minha vida" de Mário Soares.

" Aqui, diante de mim,
eu, pecador, me confesso
de ser assim como sou.
Me confesso o bom e o mau
que vão ao leme da nau
nesta deriva em que vou.

Me confesso
possesso
de virtudes teologais,
que são três,

e dos pecados mortais,
que são sete,
quando a terra não repete
que são mais.

Me confesso
o dono das minhas horas.
O das facadas cegas e raivosas,
e o das ternuras lúcidas e mansas.
E de ser de qualquer modo
andanças
do mesmo todo.

Me confesso de ser charco
e luar de charco, à mistura.
De ser a corda do arco
que atira setas acima
e abaixo da minha altura.

Me confesso de ser tudo
que possa nascer em mim.
De ter raízes no chão
desta minha condição.
Me confesso de Abel e de Caim.

Me confesso de ser Homem.
De ser um anjo caído
do tal Céu que Deus governa;
de ser um monstro saído
do buraco mais fundo da caverna.

Me confesso de ser eu.
Eu, tal e qual como vim
para dizer que sou eu
aqui, diante de mim!"

Miguel Torga

GLORIOSO


. O fds foi GLORIOSO. 96 Km de trialeiras, calçadas, drops, pontes romanas, cores intensas, amigos revistos, boa comida e até o SLB nos deu uma alegria.

5.13.2005

Marvoni !!!!


. Este fim-de-semana cumpre-se o ritual, a ida à nossa "Meca", Marvão, 2 dias para esgotar o corpo e regenerar a mente. Vamos no mesmo dia em que outros (muitos mais) peregrinam para o Oeste.

5.12.2005


A Bike Magazine deste mês traz um teste a uma máquina quase idêntica à minha. Segundo eles é uma bicla de puro XC e pronto ! Que maçada, vou ter de convencer a minha linda (e a mim) que afinal ela não pode fazer aquilo que já faz. Ou isso ou não ligar muito aos testes da Bike onde todas as máquinas são boas. Hummmmm, acho que me fico pela segunda hipótese !!!!

AZARES E MARÉS


. Já se sabe, há alturas em que tudo parece ir contra nós. Mr "A" anda numa maré de azares lá atrás. Raios, correntes, desviadores, entaladelas, tudo. Ontem foi mais uma que me deixou a pedalar sózinho. Enfim, sempre é melhor do que ter que levar a bicla às costas durante 40 min até à loja mais próxima :-))

5.11.2005

ORIENTAÇÕES


. Definir o perfil de um blog não é tarefa fácil. As hipóteses estão listadas. Vamos a votos ?

Divertido?

Incorrecto?

Irreverente?

Psicadélico?

Artístico?

5.10.2005

Os outros !


. Reconhecidamente, esta dependência não é fácil de explicar o que leva às mais variadas interpretações of one's life !

ELA


. Definitivamente é uma "ela". A "máquina", a "linda", a "bike", a "bicla". Para estar com ela deixa-se a família, para ela compramos o melhor, por ela inventamos desculpas, ela sobe, ela desce, é temperamental, ela é dócil mas irascível. Definitivamente, é uma gaja !!!

5.09.2005

And so it begins....

Esta é a entrada 1. Ainda não sei bem como isto se vai desenrolar (have I unleashed the dogs of war?) mas a vontade original do postMASTER é ter um escape virtual (ou não) para os dias de semana em que o dr Jekyll anseia pelo Mr Hyde on wheels, do fim-de-semana, dos nocturnos e das maratonas. O Jekyll é o que fala da vida corrente, do trabalho, da familia, das piolhices. O Hyde só pensa em descidas, subidas, XTRs, SAGs, tracks, descidas, X-max, IFPs, X-links, descidas, SPVs, headsets, forks, etc (já mencionei descidas ?). A luta entre ELES será uma constante e não é claro que algum saia vencedor. Alea jacta est !